28 de jan de 2014

Não é de hoje que a rede Globo de televisão está dando um empurrãozinho pro rock, querendo angariar uma opinião pública mais critica.
Até o Rock in Rio foi reformulado pra essa galera (minha galera), que tem peso na opinião musical, porque é uma galera que vota fechado com sua tendência. Não por modismo e sim por gosto.
E nesse clima algumas pessoas que seguem a moda, acabam pecando nos estilos e e misturando tudo.
Mas não me importo. O importante é ouvir mais rock e menos o resto em terras de peões de boiadeiro.
Tirando a parte de associação ao roubo com o rock, o resto ta tudo certo!!!!
Tudo isso pra parabenizar a trilha de "A TEIA" - nova minissérie global que acabou atraindo um público que não se liga na t.v aberta.

Espero poder passar na rua e ver um "baloba" escutando ao menos, NIRVANA sem ser um remix vagabundo de balada rave.

Vamos a Trilha:

http://www.youtube.com/watch?v=EhVLiHPUOIM
Angie - The Rolling Stones
 Hearts For Sale - The Rolling Stones 
Come As You Are - Nirvana 
Lenny Kravitz – Riding on the wings of my lord 

Vamos ver se até o final tenha mais surpresa  "roquinrou" pra gente.
Em 35 anos aprendi que escutar muito e falar na mesma intensidade, faz de pessoas feito eu umas: TOLAS.
Silenciar e não se posicionar, fazem de pessoas feito vocês umas: TOLAS.
Ponderar pra não magoar te faz um hipócrita.
A lição é ser feliz nos aceitando e acreditando nisso.
Três décadas e meia e 3 quase batidas de bota para ter uma única lição: SOBREVIVA!!!


15 de jan de 2014

Voltando a ativa 2014

E como a vida roda roda, passaram-se três anos off line do blog, enfim...

Aconteceu tanta coisa que não agregou valores  no momento, mas que agora serviu de lição para que eu pudesse fazer a coisa certa, e escrever melhor. Orientar melhor.. ou não. Depende mesmo de quem quer me seguir.

Estou de volta.
Feliz 2014 pessoas >.<

20 de nov de 2010

Dia da Consciência Negra

Lembrei a muitos que, hoje é dia 20 de novembro. Dia  dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira.
Incrível as pessoas que não tem conhecimento de nossa cultura ou, por ignorância, ainda soltam frases e piadas como se fossem unânimes e donos da verdade.
Mas que verdade é essa que você acredita ser o dono? A sua? E qual é a sua verdade senão a de que nosso país foi construído por negros, foi povoado por negros. Negros esses que foram escravizados e chamados de animais pela sociedade "ariana" que permanece se achando ilustres mas com a podridão de acúmulos de lixos e corruptos por DNA!
É muito mais bonito ser um político corrupto do que ser um negro trabalhador nas plantações de cana. 
Ser uma piriguete de sandália de Cristal da balada, do que ser uma atriz nordestina de cordel ou de praça.
O brasileiro acredita que pode realmente criticar, e banir da sociedade aqueles que não se encaixam em sua ditaduras da beleza. Mas esses, vão a julgamento de alguma forma.
PORQUE EU NÃO ACREDITO NA JUSTIÇA DOS HOMENS. EU ACREDITO NA JUSTIÇA DE DEUS!!!


Esse texto que segue abaixo, fora enviado pela minha amiga Jana Nascentes, professora de História (tipo eu), e que mexeu mais ainda com minha mente solidária e trabalhadora, LEIAM!!!





 Calem a boca, nordestinos!         
Por José Barbosa Junior
 
 
A eleição de Dilma Rousseff trouxe à tona, entre muitas outras coisas, o que há de pior no Brasil em relação aos preconceitos. Sejam eles religiosos, partidários, regionais, foram lançados à luz de maneira violenta, sádica e contraditória.
 
Já escrevi sobre os preconceitos religiosos em outros textos e a cada dia me envergonho mais do povo que se diz evangélico (do qual faço parte) e dos pilantras profissionais de púlpito, como Silas Malafaia, Renê Terra Nova e outros, que se venderam de forma absurda aos seus candidatos. E que fique bem claro: não os cito por terem apoiado o Serra… outros pastores se venderam vergonhosamente para apoiarem a candidata petista. A luta pelo poder ainda é a maior no meio do baixo-evangelicismo brasileiro.
 
Mas o que me motivou a escrever este texto foi a celeuma causada na internet, que extrapolou a rede mundial de computadores, pelas declarações da paulista, estudante de Direito, Mayara Petruso, alavancada por uma declaração no twitter: “Nordestino não é gente. Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!”.
 
Infelizmente, Mayara não foi a única. Vários outros “brasileiros” também passaram a agredir os nordestinos, revoltados com o resultado final das eleições, que elegeu a primeira mulher presidentE ou presidentA (sim, fui corrigido por muitos e convencido pelos “amigos” Houaiss e Aurélio) do nosso país.
 
E fiquei a pensar nas verdades ditas por estes jovens, tão emocionados em suas declarações contra os nordestinos. Eles têm razão!
 
Os nordestinos devem ficar quietos! Cale a boca, povo do Nordeste!
 
Que coisas boas vocês têm pra oferecer ao resto do país?
 
Ou vocês pensam que são os bons só porque deram à literatura brasileira nomes como o do alagoano Graciliano Ramos, dos paraibanos José Lins do Rego e Ariano Suassuna, dos pernambucanos João Cabral de Melo Neto e Manuel Bandeira, ou então dos cearenses José de Alencar e a maravilhosa Rachel de Queiroz?
 
Só porque o Maranhão nos deu Gonçalves Dias, Aluisio Azevedo, Arthur Azevedo, Ferreira Gullar, José Louzeiro e Josué Montello, e o Ceará nos presenteou com José de Alencar e Patativa do Assaré e a Bahia em seus encantos nos deu como herança Jorge Amado, vocês pensam que podem tudo?
 
Isso sem falar no humor brasileiro, de quem sugamos de vocês os talentos do genial  Chico Anysio, do eterno trapalhão Renato Aragão, de Tom Cavalcante e até mesmo do palhaço Tiririca, que foi eleito o deputado federal mais votado pelos… pasmem… PAULISTAS!!!
 
E já que está na moda o cinema brasileiro, ainda poderia falar de atores como os cearenses José Wilker, Luiza Tomé, Milton Moraes e Emiliano Queiróz, o inesquecível Dirceu Borboleta, ou ainda do paraibano José Dumont ou de Marco Nanini, pernambucano.
 
Ah! E ainda os baianos Lázaro Ramos e Wagner Moura, que será eternizado pelo “carioca” Capitão Nascimento, de Tropa de Elite, 1 e 2.
 
Música? Não, vocês nordestinos não poderiam ter coisa boa a nos oferecer, povo analfabeto e sem cultura…
 
Ou pensam que teremos que aceitar vocês por causa da aterradora simplicidade e majestade de Luiz Gonzaga, o rei do baião? Ou das lindas canções de Nando Cordel e dos seus conterrâneos pernambucanos Alceu Valença, Dominguinhos, Geraldo Azevedo e Lenine? Isso sem falar nos paraibanos Zé e Elba Ramalho e do cearense Fagner…
 
E Não poderia deixar de lembrar também da genial família Caymmi e suas melofias doces e baianas a embalar dias e noites repletas de poesia…
 
Ah! Nordestinos…
 
Além de tudo isso, vocês ainda resistiram à escravatura? E foi daí que nasceu o mais famoso quilombo, símbolo da resistência dos negros á força opressora do branco que sabe o que é melhor para o nosso país? Por que vocês foram nos dar Zumbi dos Palmares? Só para marcar mais um ponto na sofrida e linda história do seu povo?
 
Um conselho, pobres nordestinos. Vocês deveriam aprender conosco, povo civilizado do sul e sudeste do Brasil. Nós, sim, temos coisas boas a lhes ensinar.
 
Por que não aprendem conosco os batidões do funk carioca? Deveriam aprender e ver as suas meninas dançarem até o chão, sendo carinhosamente chamadas de “cachorras”. Além disso, deveriam aprender também muito da poesia estética e musical de Tati Quebra-Barraco, Latino e Kelly Key. Sim, porque melhor que a asa branca bater asas e voar, é ter festa no apê e rolar bundalelê!
 
Por que não aprendem do pagode gostoso de Netinho de Paula? E ainda poderiam levar suas meninas para “um dia de princesa” (se não apanharem no caminho)! Ou então o rock melódico e poético de Supla! Vocês adorariam!!!
 
Mas se não quiserem, podemos pedir ao pessoal aqui do lado, do Mato Grosso do Sul, que lhes exporte o sertanejo universitário… coisa da melhor qualidade!
 
Ah! E sem falar numa coisa que vocês tem que aprender conosco, povo civilizado, branco e intelectualizado: explorar bem o trabalho infantil! Vocês não sabem, mas na verdade não está em jogo se é ou não trabalho infantil (isso pouco vale pra justiça), o que importa mesmo é o QUANTO esse trabalho infantil vai render. Ou vocês não perceberam ainda que suas crianças não podem trabalhar nas plantações, nas roças, etc. porque isso as afasta da escola e é um trabalho horroroso e sujo, mas na verdade, é porque ganha pouco. Bom mesmo é a menina deixar de estudar pra ser modelo e sustentar os pais, ou ser atriz mirim ou cantora e ter a sua vida totalmente modificada, mesmo que não tenha estrutura psicológica pra isso… mas o que importa mesmo é que vão encher o bolso e nunca precisarão de Bolsa-família, daí, é fácil criticar quem precisa!
 
Minha mensagem então é essa: – Calem a boca, nordestinos!
 
Calem a boca, porque vocês não precisam se rebaixar e tentar responder a tantos absurdos de gente que não entende o que é, mesmo sendo abandonado por tantos anos pelo próprio país, vocês tirarem tanta beleza e poesia das mãos calejadas e das peles ressecadas de sol a sol.
 
Calem a boca, e deixem quem não tem nada pra dizer jogar suas palavras ao vento. Não deixem que isso os tire de sua posição majestosa na construção desse povo maravilhoso, de tantas cores, sotaques, religiões e gentes.
 
Calem a boca, porque a história desse país responderá por si mesma a importância e a contribuição que vocês nos legaram, seja na literatura, na música, nas artes cênicas ou em quaisquer situações em que a força do seu povo falou mais alto e fez valer a máxima do escritor: “O sertanejo é, antes de tudo, um forte!”
 
Que o Deus de todos os povos, raças, tribos e nações, os abençoe, queridos irmãos nordestinos!


12 de nov de 2010

A Evolução da Educação


A Evolução da Educação: 


Antigamente se ensinava e cobrava tabuada, caligrafia, redação, datilografia...
Havia aulas de Educação Física, Moral e Cívica, Práticas Agrícolas, Práticas Industriais e cantava-se o Hino Nacional, hasteando a Bandeira Nacional antes de iniciar as aulas...


Leiam o relato de uma Professora de Matemática: 

Semana passada, comprei um produto que custou R$ 15,80. Dei à balconista R$ 20,00 e peguei na minha bolsa 80 centavos, para evitar receber ainda mais moedas. A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer. 
Tentei explicar que ela tinha que me dar 5,00 reais de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la. 

Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela aparentemente continuava sem entender. 
Por que estou contando isso?
Porque me dei conta da evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi assim: 


1. Ensino de matemática em 1950: 
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. 

O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda. 
Qual é o lucro? 

2. Ensino de matemática em 1970: 
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. 

O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda ou R$ 80,00. Qual é o lucro? 

3. Ensino de matemática em 1980: 
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. 

O custo de produção é R$ 80,00. 
Qual é o lucro? 

4. Ensino de matemática em 1990: 
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. 

O custo de produção é R$ 80,00. 
Escolha a resposta certa, que indica o lucro:
(  )R$ 20,00 (  )R$ 40,00 (  )R$ 60,00 (  )R$ 80,00 (  )R$ 100,00 


5. Ensino de matemática em 2000: 

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. 

O custo de produção é R$ 80,00. 
O lucro é de R$ 20,00. 
Está certo? 
(  )SIM (  ) NÃO 


6. Ensino de matemática em 2009: 
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. 

O custo de produção é R$ 80,00.
Se você souber ler, coloque um X no R$ 20,00.
(  )R$ 20,00 (  )R$ 40,00 (  )R$ 60,00 (  )R$ 80,00 (  )R$ 100,00 


7. Em 2010 vai ser assim: 
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.

O custo de produção é R$ 80,00. 
Se você souber ler, coloque um X no R$ 20,00. 
(Se você é afro descendente, especial, indígena ou de qualquer outra minoria social não precisa responder).
(  )R$ 20,00 (  )R$ 40,00 (  )R$ 60,00 (  )R$ 80,00 (  )R$ 100,00 

E se um moleque resolver pichar a sala de aula e a professora fizer com que ele pinte a sala novamente, os pais ficam enfurecidos pois a professora provocou traumas na criança. 
- Essa pergunta foi vencedora em um congresso sobre vida sustentável:
“Todo mundo está 'pensando' 
em deixar um planeta melhor para nossos filhos... 

Quando é que se 'pensará'
em deixar filhos melhores para o nosso planeta?" 

24 de set de 2010

Sexta 24/09/2010

Hoje é sexta dia de sair com os amigos certo?
É furada entrar em Beverly Hills  (bares do marista) após as 22h e tentar achar um estacionamento, um bar, uma mesa, uma cadeira um choop, qualquer coisa.
Passar na T-3 apos as 21h no Bueno?.. socorro.. sai correndo.

Mas enfim, você quer ir, porque quer ir e porque todo mundo vai e voce, claro... é todo mundo.. faz parte dos 98% da população ...Então a dica é o seguinte:.

 Para aqueles que o destino são os bares do Marista e vai tomar todas.. Melhor sair de táxi. é muito cosmopolita sair de taxi.. econômico, fulga dos franelinhas e você não corre o risco de bater em um doidao drogado que estacionou de qualquer jeito e ainda faz voce pagar a conta do carro dele. AHAN!!!!
Mas para os que querem fugir da zona de conflito dos estacionamentos lotadaços, Vão aos bares culturais e alternativos. Como Por exemplo o Metrópoles Retrô da Av.83 e a Taberna do Ogro na T-70 que, rola samba as sextas.

                                                    Metropolis Retrô






                                             Samba na Taberna do Ogro


Essas foram as dicas da Val.
Se alguém tiver alguma idéia melhor, tipo de ir para rua, deixa aqui um comentário!! Basos

Levando a vida á serio

Resolvi hoje que devo levar tudo que faço muito mais a sério.
Desde 140 caracteres do Twitter, até grandes diálogos em sala de aula e conversar com a família.
Me conhecendo como conheço e achando que me conheço bem, parece ser difícil mas, não impossível!!!
Então resolvi criar um manual de sobrevivência para os solteiros que moram sozinhos ou dividem apartamentos, que pagam suas contas e que ralam pra caralho (caralho e puta que pariu não é mais xingamento viu gente?!!!), e que chegam no final do mes estão totalmente endividados.
Resolvi também dar dicas de sobrevivência na balada para os nerds, e tímidos.
Falar sobre os Bares baratos e aqueles caríssimos.
Falar da cultura em Goiânia e dos roteiros no interior.
Falar das experiências das minhas viagens e de meus amigos.
E, por fim e não mesmo importante, trocar o nome do meu Blog, Porque minha vida é uma piada.. mas uma piada com conteúdo e dignidade...rsrs


Enfim, a partir de agora, escrevo à voces com dicas importantes... Mas sim, vou sempre soltar as piadas dos emails e os comentários infames sobre as coisas do mundo. Pois nós, seres humanos, nascemos para espelhar, criticar e sobreviver.


Good Vive Peoples